segunda-feira, 1 de março de 2010

de pai para filho

(tive que mudar a foto, pq, fala a verdade? tem dupla mais incrível do que essa? eu fico aqui, só de camarote... aiaia, qto amor!)


Amanhã nosso solzinho mais amarelinho do mundo vai completar 4 anos!


na escola o dia vai ser dele e como é tradição por lá, as crianças comemoram juntas e vai ser um dia muito especial!


dia em que ele comanda a meditação, a cozinhira faz a comida que ele gosta e todos confeitam juntos um delicioso bolo em formato de coração!


ele será o príncipe do dia, com direito a coroa e capa!


a escola pediu que a gente enviasse um resuminho da vida dele, de como ele é, como foi...


rapha escreveu esse texto fofo que eu resolví colocar aqui, para gente não perder e nem se esquecer nunca!






Tom

A história do Tom não é muito diferente da história de outras crianças que foram desejadas, programadas e muito queridas por seus pais.
O Tom nasceu de parto natural no hospital São Luiz ás 23:54h do dia 02/03/2006
O papai cortou o cordão umbilical com muita felicidade e esteve ao lado da mamãe o tempo todo durante parto.
A gravidez foi muito tranquila e a Carol sempre estava feliz e muito linda com aquela barrigona que no final da gravidez impressionava a todos...
Chovia muito no dia em que ele nasceu e me pareceu tudo muito mágico.
O Tom sempre foi muito inteligente e começou a falar muito cedo, mamou no peito até 3 anos de idade e nunca gostou de chupetas ou mamadeira.
Sempre foi um menino carinhoso com as pessoas e muito caseiro.
Gosta de suas coisinhas e sabe onde está tudo.
Foi um bebe lindo, gorducho que dava vontade de morder, tanto é que seu apelido em casa era "buda" e até hoje o chamamos carinhosamente de "alegria".
Se preocupa muito com o próximo e é muito curioso
Gosta muito de livros que explicam a natureza das coisas
Adora seus bonequinhos e fala muito o tempo todo
Ama suas aulas de natação, o que não poderia ser diferente pois é pisciano...
Sentimental, goste que lhe expliquem tudo e nunca gostou que o tratassem como bebe
Esse pisciano quando fica bravo vira um tigre mas com um bom papo vira um gatinho manso
Gosta muito de todas as frutas e como qualquer criança, de doces
Tem sido um filho maravilhoso e só temos agradecido ao bom Deus por isso
Tem sido muito carinhoso com a Mamãe que está grávida e tem dado muitos beijos na barriga que não para de crescer...ama seus primos, que são muitos
Adora a escola e nunca reluta em ir
Criança fácil, que nunca quebrou nada e sempre quer aprender tudo
Quando vai dormir na vovó ou na casa dos primos deixa um vazio só...mas quando volta a casa se enche de alegria
Gosta de cantar e improvisar letras e adora fazer um som
Gosta de quebra cabeças, de desenhar, pintar
Adora milho, maçã, arroz e na hora de dormir pede cafuné e massagem
E agora vai completar 4 anos de vida, 4 anos de alegria, quatro anos de muito amor.
A sensação que temos é que ele sempre esteve em nossa vida.
Isso é um pouco do Tom...essa criança que nos completa e é muito amado!!
Viva o Tom!

5 comentários:

thais disse...

que lindo!!!!!!

parabéns pro tom e para vocês, né?

beijo

Joana disse...

Viva o Tom! Viva o amor de família!
beijos

Luciana Onofre disse...

Convite para o Dia sem Carne:

http://sementeperegrina.blogspot.com/2010/03/dia-sin-carne.html


Luciana Onofre

Maíra Duarte (acompanhada de Gil, mig e Benja) disse...

Ai que amor de menino que é mesmo esse Tom. Eu reforço o coro do pai coruja de que o mocinho é uma preciosidade. E meu filhote tem bom gosto pra amigos. Todo dia ele fala: mãe, to com saudade do tom criança (temos um amigo tom adulto)meu amigo da minha escola branca!
Muita luz e tsunamis de amor pra esse menino e sua familia amada.
Até breve!
mamá

Eliza Freire disse...

O Tom chegou assim, de mansinho, com sua mãe emocionada na casinha da Rodésia, sentada na salinha do fundo dizendo: Eu to gravida!!!!
E nos duas naquela alegria sem fim, já sonhando com você crescendo, falando, rindo... E você nasceu, cresceu e sorriu muito mais lindo do que nossos sonhos poderiam imaginar! Lembro na maternidade, pequenino no colo do seu pai, com olhos apertos e curiosos para ver o mundo!E eu pensando, como podemos amar tanto uma coisinha assim tão desconhecida?
Mas amor eh assim, sempre multiplicável! E mesmo quando a gente acredita que não existe mais para onde crescer, ele se desdobra, aperta daqui, aperta de lá e pronto! Expande ainda mais nossos corações, cria espaços que não existiam e nos amamos mais a cada dia... Assim tem sido com o Tom, cada dia mais amado por pais, avos, amigos e principalmente pela dinda aqui, que não esquece nem por um segundo deste amarelinho e que me ilumina com sua alegria mesmo eu estando tão longe! Parabéns para nos, pelo seus 4anos de vida e os meus 4 anos de Madrinhagem!!! 4 anos de amor, de vida, de alegria! E olha que sorte: nos estamos só no começo!! bjs da dinda que esta LOUUUUCAAAA de saudades.